2019/09/21

Chirac na Argélia para falar de reconciliação

Numa visita histórica à Argélia, o Presidente francês, Jacques Chirac, afirmou na segunda-feira que o passado doloroso deveria agora dar lugar ao caminho da reconciliação, quarenta anos depois da brutal e violenta guerra da independência daquele país.

Numa visita histórica à Argélia, o Presidente francês, Jacques Chirac, afirmou na segunda-feira que o passado doloroso deveria agora dar lugar ao caminho da reconciliação, quarenta anos depois da brutal e violenta guerra da independência daquele país.

Numa deslocação de três dias por território argelino, Chirac tenta sarar velhas feridas, provocadas por um conflito que deflagraou entre 1954-62 e que pôs termo a 132 de domínio francês sobre a Argélia.

“Nós não podemos esquecer ou negar este passado complexo, e ainda doloroso”, disse Chirac, num discurso no Parlamento argelino. Citando o romacista Marcel Proust, o Presidente francês referiu ainda que “algumas memórias são como amigos, sabem exactamente como alcançar a reconciliação”.

Jacques Chirac é o primeiro líder francês a realizar uma visita de Estado completa àquele país desde 1962, tendo sido recebido entusiasticamente no passado domingo, com meio milhão de pessoas a entoarem o seu nome pelas ruas de Argel.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.