A um passo do Euro 2008

A selecção nacional defronta amanhã a formação da Arménia e na quarta-feira a equipa da Finlândia. E em ambos os jogos Portugal está obrigado a vencer se desejar participar no Campeonato da Europa que se irá realizar no próximo ano na Áustria e Suíça. Relativamente aos outros grupos, destaque para a Itália e Inglaterra que estão em risco de não se qualificarem para o Euro 2008.

Sem margem para erro. Portugal joga amanhã diante a Arménia no Estádio de Leiria e na quarta-feira defronta a Finlândia. E para evitar “conta de última hora”, a formação orientada por Luis Felipe Scolari está obrigada a vencer os dois últimos desafios da fase de apuramento para o Campeonato Europeu 2008.
Com 12 desafios disputados, Portugal ocupa o segundo lugar do Grupo A com 23 pontos, menos um que o líder, Polónia. No total, a formação nacional soma seis vitórias, cinco empates e apenas uma derrota, tendo apontado 23 golos e sofrido 10. Já na terceira e quarta posição e à espera de um “deslize” da equipa das quinas, estão as equipas da Sérvia e Finlândia com 20 pontos, enquanto a Bélgica já está completamente fora da corrida pelos dois primeiros lugares do grupo e que dão acesso ao Europeu 2008, uma vez que conta com apenas 15 pontos. Nas posições seguintes estão a Arménia (9), Cazaquistão (7) e Azerbeijão (5).

Onze português

No desafio de amanhã, o seleccionador nacional Luiz Felipe Scolari irá cumprir o último jogo de castigo e terá de ver o desafio das bancadas. E como se não bastasse, o técnico brasileiro tem encontrado algumas dificuldades para estruturar a equipa, uma vez que alguns jogadores importantes, como Deco, Jorge Andrade, Ricardo Carvalho e Miguel, encontram-se lesionados. Em todo o caso, Portugal deverá apresentar-se amanhã no típico 4-3-3, com Ricardo na baliza, Paulo Ferreira a defesa direito, Caneira a lateral esquerdo, enquanto Bruno Alves e o luso-brasileiro Pepe, que se irá estrear na formação nacional, serão a dupla de centrais. Já Miguel Veloso deverá ocupar a posição de trinco, enquanto Maniche e Simão deverão ocupar as outras duas unidades do meio-campo. Já Cristiano Ronaldo e Ricardo Quaresma serão os jogadores responsáveis por descair para as alas, enquanto Hugo Almeida deverá ocupar a posição de ponta-de-lança.
A título de curiosidade, refira-se que em três jogos frente à Arménia, Portugal nunca perdeu, mas também só venceu por uma vez. Porém, o facto de o desafio se realizar em Leiria pode ser um bom indicador, uma vez que a selecção soma duas goleadas em outros tantos jogos já disputados no estádio da cidade do Lis.

Pepe estreia-se pela selecção nacional

Apesar de ter nascido no Brasil, o central Pepe notabilizou-se como futebolista em Portugal. E, após ter garantido a nacionalidade lusa, o defesa imediatamente disponibilizou-se para representar a selecção nacional. Uma decisão que foi bastante bem recebida pela Federação Portuguesa de Futebol e pelo seleccionador nacional, Luis Felipe Scolari, tal como sucedeu com Deco. Assim, Pepe, que actualmente represente o Real Madrid, deverá estrear-se amanhã por Portugal e afirmou durante esta semana: “Foi uma surpresa para toda a gente quando decidi representar Portugal em vez do Brasil. Sinto-me muito integrado no país onde joguei desde muito novo. Agora sinto-me na obrigação de contribuir para que Portugal consiga o apuramento para o Europeu”.
Já Scolari fez uma breve análise da Arménia e Finlândia: “Vejo estas duas equipas como adversários de qualidade. Cada uma tem os seus pontos fortes, mas são equipas que podem vir a Portugal e conseguir um bom resultado. Cabe-nos impossibilitar que eles cresçam em campo e que sejam melhores que nós”.

Itália e Inglaterra em risco

A Itália e Inglaterra estão em risco de não marcarem presença no Europeu 2008. No que diz respeito à formação transalpina, encontra-se no terceiro lugar do Grupo B com 23 pontos. Menos um que a Escócia que, no entanto tem mais um desafio e disputa esta semana o seu último jogo da fase de apuramento. Desta forma, Itália está obrigada a vencer os dois encontros para garantir um dos dois primeiros lugares do grupo. Refira-se ainda que a França lidera esta tabela com 25 pontos em 11 jogos (falta disputar um) e também não poderá facilitar se desejar marcar presença na competição mais importante do “Velho Continente”.
Já a Inglaterra, encontra-se numa posição mais delicada. A formação orientada por Steve McClaren encontra-se no segundo posto do Grupo E com 23 pontos em 11 desafios (faltando apenas um jogo para terminar a fase de qualificação, uma vez que este grupo tem sete equipas). Todavia, a Rússia segue na terceira posição com 21 pontos conquistados em 10 jogos; ou seja, em caso de vitória nos dois desafios em falta diante os conjuntos de Israel e Andorra, passará para a frente dos ingleses. Já a Croácia, que lidera a tabela com 26 pontos em 10 jogos, também terá de vencer os dois últimos encontros para evitar o não apuramento para o Euro 2008. E curiosamente um desses desafios será frente à Inglaterra que, como se sabe, está obrigada a vencer.

Publicar um comentário

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>