1200 trabalhadores dispensados da Carris até 2005

A Carris vai dispensar cerca de 1200 trabalhadores até 2005, estando previsto que 500 funcionários abandonem a empresa ainda este ano, outros 500 em 2004 e os restantes no ano seguinte, como noticia esta quarta-feira o Diário de Notícias.

De acordo com a Federação dos Sindicatos de Transportes Rodoviários (FESTRU) “até agora, já rescindiram os contratos de trabalho de 420 empregados, o que nos leva a crer que até ao final do ano sejam ultrapassados os 500 despedimentos previstos pela Carris”. “Os trabalhadores estão a ser fortemente pressionados para rescindirem os contratos. No mês passado, o concelho de administração enviou uma carta a todos os trabalhadores dizendo-lhes para não perderem a oportunidade de venderem o seu posto de trabalho, uma vez que os bancos concediam empréstimos à Carris para fazer rescisões, mas não para pagar salários”, afirma Luísa Bota da FESTRU.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.