Prodi apela ao “sim” no referendo na Hungria

O presidente da Comissão Europeia, Romano Prodi, solicitou aos cidadãos da Hungria, na quinta-feira que dessem o “sim” à entrada daquele país na União Europeia no referendo marcado para o próximo dia 12 de Abril.

O presidente da Comissão Europeia, Romano Prodi, solicitou aos cidadãos da Hungria, na quinta-feira que dessem o “sim” à entrada daquele país na União Europeia no referendo marcado para o próximo dia 12 de Abril. Prodi avisou que a condescendência ou a hesitação pode perturbar o projecto de construção europeia.

Porém, não existem muitas razões para alarme uma vez que as sondagens apontam para uma vitória do “sim” à adesão na casa dos 70 por cento.

O primeiro-ministro da Hungria, Peter Medgyessy, insistiu que é necessário ter um mandato de confiança do seu povo ante de assinar o tratado de adesão em finais de Abril, que permitirá àquele país entra para a União Europeia em Maio de 2004.

Publicar um comentário

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>