2020/01/26

Powell apresenta provas

O secretário de Estado norte-americano, Colin Powell, apresentou no Conselho de Segurança das Nações Unidas as tão esperadas provas de violação do regime iraquiano à resolução 1441. Conversas telefónicas e imagens aéreas foram as provas reveladas.

O secretário de Estado, Colin Powell, apresentou no Conselho de Segurança das Nações Unidas, há minutos, as tão esperadas provas contra o Iraque. Powell voltou a criticar o regime de Bagdad pelas constantes violações da resolução 1441, apresentando uma serie de gravações, nas quais se podiam ouvir conversas entre oficiais de alta patente do quartel-general iraquiano com vários funcionários, presentes em complexos que seriam alvos de inspecções.

Esta conversas teriam como objectivo erradicar todas as provas que pudessem incriminar o regime de Saddam Hussein, quando os inspectores da ONU se fizessem deslocar àqueles locais. Nesta perspectiva, Powell não tem dúvidas ao afirmar que Bagdad está a condicionar e a prejudicar os trabalhos dos técnicos da UNMOVIC, fazendo exactamente o oposto do que está previsto na resolução 1441.

O secretário de Estado norte-americano disse ainda que existem vários complexos suspeitos de terem armas químicas, tendo mostrado algumas fotografias aéreas, alegadamente deste tipo de local, sendo que num deles (Taji) foram encontradas há umas semanas algumas ogivas vazias. De acordo com as imagens reveladas e com a interpretação de Powell, constatou-se uma actividade anormal dias antes dos inspectores se terem deslocado ao complexo de Taji. De acordo com Washington, terão sido camiões a retirar substâncias proibidas. Powell disse que este procedimento foi repetido pelo menos em 30 locais diferentes.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.