2020/10/20

Explosões e sirenes marcam início da Guerra

Um “alvo de oportunidade” justificou o estrondo sentido em Bagdade, às 2h35m GMT. Noventa minutos após o fim do prazo para que Saddam Hussein e os seus dois filhos abandonassem o Iraque, os EUA iniciaram os bombardeamentos de precisão. Ás 3h15m o presidente norte-americano falou ao mundo.

O míssil lançado no centro da capital iraquiana visou um alvo onde, alegadamente, estavam reunidos diversos lideres do regime de Saddam. As baterias anti-aéreas iraquianas responderam minutos depois, pintando ligeiramente o céu, embora em muito menor escala do que o verificado na Guerra do Golfo.

O presidente dos Estados Unidos da América, George W. Bush, alertou, em conferência de imprensa, que esta guerra pode ser mais “difícil e demorada do que muitos pensam”. Bush garante que a operação concertada dos EUA com os seus aliados vai “evitar danos colaterais”, ou seja, vitimar muitos cívis.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.