2020/10/22

Banca portuguesa compensa queda da margem financeira

De acordo com as indicações, desta terça-feira, da Associação Portuguesa de Bancos (ABP), a banca portuguesa compensou a queda da margem financeira no primeiro semestre de 2003 com o aumento das comissões e a melhoria dos resultados em operações financeiras.

A margem financeira dos bancos portugueses, que é a diferença entre os juros cobrados e pagos, a qual representa a maioria dos proveitos da banca comercial, recuou 5,3% entre o mês de Janeiro e o mês de Junho deste ano, face ao mesmo período em 2002.
Segundo a ABP, “essa diferença foi mais do que compensada pelo comportamento favorável dos resultados originados em comissões, que cresceram mais de 16,5%”, isto é, mais de 153 milhões de euros.
Da mesma forma, os resultados das operações financeiras em mercados capitais e cambiais, que cresceram 12,3% (49 milhões de euros), face ao primeiro semestre de 2002, contribuíram também para uma evolução positiva de 2% do produto bancário de exploração dos bancos que operam em Portugal.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.